Textos




Suavidade na voz e  na pele aveludada,
Da jovem donzela que me encanta tanto,
Olho-te firmemente e em dado momento, 
Sinto-me amado e te amo sem engano,

Tão jovem és,  amor da minha vida,
Mas tens a tez madura, de tão bem vivida,
Gloriosa formosura por demais bonita.

Me aconchego em ti, buscando seus carinhos, 
Teu cheiro é  suave, belíssimo olor,
Sinto o  sabor, dos seus lábios rosados, 
Sempre te amarei, com todo esplendor.

Não penso jamais , em hora de partida,
Temos toda a vida que Deus propiciou, 
Não te deixarei chorar a despedida ,
Viverei contigo meu eterno amor.





18/02/2019





JOSÉ RODRIGUES
Enviado por JOSÉ RODRIGUES em 18/02/2019


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr